Os efeitos negativos das tatuagens

Hoje em dia as tatuagens são tão comuns que começam a ser vistas, sobretudo pelos mais jovens, como apenas mais um produto que pode ser adquirido com tanta facilidade como todos os outros. A sua entrada no mainstream cultural tornou fácil esquecer que tal não é o caso, e que a decisão de fazer uma tatuagem deve ser ponderada cuidadosamente, pesando os prós e os contras e acima de tudo estando informado acerca dos possíveis efeitos negativos de fazer uma tatuagem. Não queremos com este artigo ser alarmistas nem profetas da desgraça, apenas salientar potenciais efeitos negativos que deverá considerar antes de tomar a sua decisão. Deveria ler também como tratar uma nova tatuagem.

efeitos negativos das tatuagens

O estúdio e as infecções

Apesar do senso comum nos dizer que com o passar do tempo as tatuagens seriam cada vez mais seguras, infelizmente passa-se o contrário. Em Portugal não existe legislação que proteja quem procura tatuagens e o número de infecções decorrentes das tatuagens tem aumentado nos últimos anos. É por isso imperativo escolher bem o estúdio, o que pode ser feito através de opiniões positivas ou questionando os profissionais que aí trabalham acerca da sua experiência e cuidados de segurança que levam a cabo.

Quando fazemos uma tatuagem, as agulhas penetram na pele, o que faz com que seja fácil transmitir infecções de pele ou directamente para o sangue, se os instrumentos não forem devidamente esterilizados. Em alguns países, pessoas que fazem tatuagens podem ficar interditas de doar sangue um certo período de tempo, isto porque as infecções podem não se manifestar de imediato. Depois de fazer uma tatuagem, deve por precaução fazer análises de rotina ao sangue.

Reacções alérgicas

Apesar das reacções alérgicas aos pigmentos utilizados nas tatuagens femininas não serem comuns, estas merecem uma consideração especial, principalmente se você for propenso a alergias. Isto porque se uma alergia se manifestar, a única forma de a eliminar é eliminar a causa, ou seja, a tatuagem. No entanto, remover uma tatuagem, apesar de possível, não se faz de um dia para o outro, mas sim ao logo de semanas ou meses, dependendo do tamanho e localização da mesma. O melhor mesmo é ser testado antes de fazer a tatuagem para evitar alergias. Para isso terá que perguntar ao tatuador quais os constituintes da tinta que este usa e fazer um rastreio.

Como referimos, as reacções alérgicas não são comuns, mas fica o aviso. Convém também referir que as alergias podem aparecer anos depois da tatuagem ter sido feita, por isso se revelar sintomas mesmo que já tenha a tatuagem há muito tempo, não a exclua como possível causa.

Formação de granulomas

Os granulomas são pequenas inflamações que aparecem na pele como resultado de uma acumulação de células produzidas pelo sistema imunitário chamadas macrófagos. Estas células são produzidas pelo corpo como resposta a corpos estranhos no corpo ou possíveis fontes de infecção, e por vezes os pigmentos das tatuagens podem ser recebidos pelo corpo como perigosos, obrigando o sistema imunitário a reagir.

O tratamento mais comum para granulomas consiste no uso de corticosteróides, apesar de por vezes o granuloma poder desaparecer naturalmente, existindo no entanto o risco de poder regressar.

Formação de quelóides

Os quelóides são, de forma muito simples, cicatrizes que crescem para além do tamanho normal de uma cicatriz, ou seja, cobrem por vezes uma área maior que a ferida ou corte. Os quelóides podem-se formar sempre que a pele é cortada ou perfurada, ou seja, uma tatuagem é o cenário ideal para eles se formarem. Normalmente aparecem em pessoas que os costumam ter, por isso para saber se está mais propenso a sofrer deste problema, basta analisar a forma como as suas feridas e cortes costumam sarar: se com pequenas cicatrizes que desaparecem rapidamente ou cicatrizes grandes e avermelhadas que demoram a desaparecer. Se for o segundo caso, é possível que o mesmo aconteça quando fizer uma tatuagem.

O tratamento dos quelóides depende da dimensão do mesmo, mas no caso de uma tatuagem serão pequenos, pelo que simples pensos de gel em silicone ou corticóides injectáveis são possíveis soluções rápidas. No entanto o aspecto da tatuagem, sobretudo se esta tiver muitos detalhes, pode ser afectado.

A sociedade e as tatuagens

É um facto inegável que as tatuagens hoje em dia são aceites pela sociedade de forma bastante aberta. No entanto existem empregos que dificilmente conseguirá se tiver uma tatuagem à vista, pelo que se procura um destes empregos, normalmente onde usa vestuário formal e onde a apresentação é um factor importante, o ideal é fazer a tatuagem numa parte do corpo que ficará coberta pela roupa.

Lembre-se que nem todos podem estar tão abertos à ideia de uma tatuagem, e não deve deixar que isso prejudique o seu futuro profissional.

16 comments

  1. Bom dia,
    Gostaria de saber se uma pessoa que tem tendencia a queloide pode fazer uma tatuagem ?
    tipo sou branco e tenho essa tendencia, tenho um queloide no meio do peito e a causa foi uma pequena espinha q inflamou , pelo mesmo foi isso que a medica na época me falou, a mesma falou que não poderia fazer uma tatuagem, será q existe uma maneira de fazer tatuagem e não da queloide ?

  2. marcio garcia

    Estou com uma alergia em uma tatuagem !!! Isso depois de um ano que estava feita ,estou preocupado ,preciso de ajuda !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>